• Dra. Ana Beatriz Matos

E essa tal de menopausa?

Se você é mulher, em algum momento, provavelmente por volta dos seus 50 anos, o evento menopausa ⁣vai ocorrer na sua vida. Afinal, atualmente nós brasileiras temos uma expectativa de viver até uns 80 ⁣anos.⁣


Então você precisa entender o que é menopausa e porque você deve preparar o seu corpo para viver de ⁣maneira saudável e com qualidade os anos que vem após esse evento.⁣

Pra começar, menopausa é uma data, mais especificamente a da última menstruação da mulher, e eu só ⁣consigo definir que aquela foi a menopausa após um período de ausência de menstruações por 12 ⁣meses consecutivos.⁣

Após a menopausa a mulher não pode mais engravidar, a fertilidade acaba definitivamente. E esse período de transição da vida reprodutiva para a não reprodutiva é definido como climatério. O climatério também é uma fase biológica na vida de todas nós mulheres.⁣

E no climatério a mulher passa por diversas transformações em decorrência da diminuição da produção de hormônios pelos seus ovários. É meninas... com a menopausa nossos ovários pedem férias definitivas de sua função reprodutiva, ou uma aposentadoria, se preferirem assim chamar.⁣

E daí vem a maioria dos sintomas comuns desse período, como fogachos, diminuição de libido, alteração do humor, do sono, diminuição de massa óssea, dentre vários outros.⁣

Mas, se você preparar seu corpo e mente desde agora, com hábitos e vida saudável, tenho certeza que você vai se adaptar muito bem a esse evento biológico e inadiável da vida de toda mulher!⁣

Com carinho,⁣

Dra. Ana Beatriz Matos⁣

Ginecologista e Mastologista⁣

CRM 141-427 SP

C O N T A T O

(11) 2384-2313  | (11) 99320-0163

Av. Ordem e Progresso 157 cj. 303-305

Barra Funda - São Paulo / SP

CEP 01141-030

L O C A L I Z A Ç Ã O

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco

Atendimento particular

Produzido com ♥ por Fever Marketing Médico

Este site está de acordo com as regras de publicidade médica do Conselho Federal de Medicina - Resolução CFM 1974/11.